Correias Dentada Ford Ranger 2.5

Posted on 19/10/2008. Filed under: Correia Dentada, Dica Técnica |


apresentaremos o procedimento básico para a Ford Ranger 2.5 litro

Procedimento para verificação do sincronismo da correia dentada
Para verificar o sincronismo da correia dentada dos motores OHC 2.5 4 cilindros, proceda da seguinte forma:
1 – Gire manualmente o motor até que a marca existente na polia do virabrequim, alinhe-se com a referência da tampa protetora da correia dentada (figura 1);
2 – Observe se, nessa condição, as marcas existentes nas polias do eixo comando de válvulas e da bomba de óleo alinham-se com as referências da tampa trazeira da correia (figura 2). Se não forem observados os referidos alinhamentos dê mais uma volta completa na árvore de manivelas;

Caso seja verificado sincronismo incorreto ou se deseje substituir a correia dentada, execute o procedimento a seguir.

Observação: Note-se que para a vizualização das polias do eixo comando e da bomba de óleo, é necessário retirar a tampa protetora da correia dentada. Para que isso seja possível, antes devem ser retirados o ventilador hidro-dinâmico (%u201Dventoinha%u201D), a correia poli-V (atentando para seu sentido de instalação), a bomba da direção hidráulica, o compressor do ar condicionado (se existir) e a polia da bomba d´água.

Procedimento para substituição da correia

1 – Retire a polia do virabrequim (para isso trave o volante);
2 – Com a correia já exposta e sincronizada (conforme descrito anteriormente nos itens 1 e 2) solte, sem retirar, o parafuso central e o parafuso de ajuste do tensor da correia dentada (figura 3);
3 – Utilizando-se uma ferramenta especial, movimente o tensionador e retire a correia dentada (figura 4). Evite movimentar bruscamente o virabrequim. Lembre – se que sem a correia há risco de colisão entre os pistões e as válvulas;
4 – Instale a correia nova no sentido anti-horário, começando pela engrenagem do virabrequim e tomando o máximo cuidado para não perder o correto sincronismo (vide vista geral da correia dentada);
5 – Dê dois giros manuais completos no motor;
6 – Reaperte o parafuso central e o parafuso de ajuste do tensor da correia dentada. Ao parafuso central aplique um torque de 5 Kgf.m (50N.m) e ao de ajuste aplique um torque de 4 Kgf.m (40 N.m);
7 – Confira atenciosamente a posição do tensionador e as marcas de referência para sincronismo (vide vista geral da correia dentada);
8 – Se tudo estiver OK, reinstale o que foi retirado. O torque aplicado a polia do virabrequim deve ser de aproximadamente 14 Kgf.m ou 140 N.m.



Make a Comment

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Uma resposta to “Correias Dentada Ford Ranger 2.5”

RSS Feed for doMecânico Comments RSS Feed

Você não teria a dica(procedimentos) para troca da correia dentada para S10 2.2 EFI?


Where's The Comment Form?

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...

%d blogueiros gostam disto: